O Reiki e a ciência da Respiração
 
  • A CIÊNCIA DOS TATTWAS
        Aos seres vivos é impossível alterar o ambiente cósmico em que vivem.
        É possível a harmonia se adaptando ao ambiente com as próprias vibrações.Para esse equilíbrio e adaptação do ser vivo com as vibrações cósmicas tenha o conhecimento dos tattwas e da ciência da respiração.
        A vida universal é uma pulsação, na qual funcionam alternativamente duas correntes de força: uma positiva e outra negativa.
        Respirar é a primeira manifestação da vida, e que é pela respiração que o nosso  ser psíquico se alimenta. O próprio alimento físico de que nos servimos só produz efeito alimentar depois de ter estado em contato com o oxigênio do ar.
        Conhecer a Ciência da Respiração é possuir a chave da saúde e do êxito, pois a lei do ritmo, de que todas as coisas dependem, é à base de todo movimento respiratório.
  •  A CORRENTE DA RESPIRAÇÃO. Ciência da Respiração dos Tattwas.
        A corrente da respiração funciona ora por uma das narinas, ora pela outra, e às vezes pelas duas ao mesmo tempo.
  • PRANAIAMA – Respirar - O segredo está na Kundalini
        Os dois lados funcionando. O Meridiano de fluxo energético, Nadi Ida e o Meridiano de fluxo energético, Nadi               Pingala em atividade constante giram em torno do pilar central no meridiano de fluxo energético Nadi Sushumna
        A narina direita é positiva, e quando a corrente respiratória passa por ela aumenta o calor do corpo e a atividade das funções. Atribuída ao Sol. Término do meridiano PINGALA, ligada a terra, plano físico é "O YANG".
        A narina esquerda é negativa e de ação harmoniosa e atraente. Cada narina funciona durante duas horas, aproximadamente, pois nos últimos minutos desse período, as duas narinas funcionam ao mesmo tempo. Atribuída à lua. Término do meridiano IDA, ligado as emoções e sensibilidades. "É O YIN".
        Quando a energia dos dois meridianos Ida e Píngala se encontram ao mesmo tempo em cruzamento nas narinas, ativa o potencial da sensibilidade perceptiva e sensitiva PES (Percepção extra sensorial). É possível com meditação manter em completa atividade o segredo da Kundalini. É o momento da androgênia humana onde a vibração energética de yin e yang se fundem gerando o equilíbrio e a harmonia do corpo físico, mental – yang, sol e razão e do corpo emocional e espiritual, yin e lua. Todo esse movimento interno vibra com as 4 realidades plenas. Fogo, terra, água e ar, diretamente ligados aos chacras.
O corpo é o objetivo
O éter é o elemento do puro espaço, e os chacras superiores nele se contém.
Para a evolução é preciso que haja a harmonia nos elementos.
O ar rege o movimento do espaço.
O fogo rege o sentido da expansão.
A água rege o sentido da contração. 
A terra rege o sentido da manifestação.
        Tudo começa no pensamento, passando para o planejamento, a ação, e efetivação.
        O Sushumna, que é o mais importante dos nádis, se ergue do chakra raiz acompanhando a coluna vertebral. O próprio Sushumna tem uma natureza trina, contendo forças mais sutis dispostas uma dentro da outra.
Meridiano é um canal de fluxo energético chamado NADI, que leva energia de um local a outro no corpo físico e eterico.
        Uso do pendulo
Ida - O pendulo desloca-se da esquerda para o centro, girando no sentido horário.
Pingala - O pendulo desloca-se da direita para o centro, girando no sentido anti-horário, tanto no lado da frente como nas costas, devem se combinar os dois padrões, qualquer desvio é sintoma de bloqueio no meridiano.
 
Bibliografia
Para o completo e complexo entendimento da ciência da respiração dos tattwas.
Sugere-se a leitura das obras:
Ciência da Respiração, de Ramacharaka;
Ocultismo Prático” (Ciência da Respiração);
“As Forças Sutis da Natureza”, de Rama Prasad.

© 2016 por Espaço Sal da Terra. criado por Alyne Sarjam

  • b-facebook
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle