Raku

 

Também chamado de Fogo Serpentino ou Fogo da Kundalini, é utilizado para separar a aura do Mestre de Reiki e a aura do aluno.

O Raku simboliza o Vajra (símbolo de pureza) do Budismo Vajrayana, também conhecido como o caminho de diamante no Tibet.

Vajra é uma palavra do sânscrito, sendo o seu equivalente em tibetano DORJE e simboliza a imutabilidade da verdadeira natureza da realidade.

É usado nos rituais tântricos, na mão direita, simbolizando o princípio masculino do método (upaya), que preconiza o bem de todos os seres como caminho para a iluminação.

Nestes rituais é usada também uma campainha, segurada na mão esquerda, simbolizando o princípio feminino da sabedoria (prajna).

Gestos específicos de ambas as mãos, simbolizam a unificação do método e da sabedoria.

No Reiki, o Raku é (normalmente) somente utilizado nas iniciações, onde, tem duas funções:

1 - Fixação da energia no iniciado. (Nas práticas tibetanas designam-no como: "O Raio de Luz que mantém o Fogo").

2 - Para religar as pessoas a Terra. (Nos casos em que o desenraizamento proporciona um deslocamento da realidade).

Existem, contudo terapeutas que o usam para ajudar os seus clientes a serem mais fortes animicamente e mais independentes, harmonizando através do Raku, ligações doentias.

Estas são geralmente pessoas que apresentam sintomas de estagnação, preguiça ou então, estão completamente bloqueadas em todos os aspectos das suas vidas.

Para sentir um pouco da energia do Raku, olhe para o símbolo durante alguns instantes respirando fundo. Traga à sua mente algo que deseje muito para a sua vida, por exemplo, ser mais amoroso, ser mais compassivo, ser mais tolerante, ser mais calmo, ou outro atributo que lhe devolva o seu estado natural de harmonia interior. Depois feche os seus olhos e veja uma imagem sua, a fazer algo, num futuro muito próximo, onde esse atributo que escolheu esteja presente nos seus atos, atitudes, comportamentos, palavras, gestos, olhar. Depois, veja o Raku a "selar" essa imagem, esse desejo. Lembre-se, o Raku é o "Raio de Luz que mantém o fogo". Que assim seja, para o seu bem supremo.

Depois, respire fundo novamente e abra os seus olhos devagar.

 

Variações do Raku

© 2016 por Espaço Sal da Terra. São Paulo - Brasil | Criado por Alyne Sarjam

  • b-facebook
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle