Em 12/12/2018 - 38 anos sem HAWAYO TAKATA

Texto extraido da comunidade do mestre Johnny De Carli

Agradeço,mestre amigo, compartilhar as  informações e coloco em meu site para que outros

tenham acesso a esse rico material.

 Johnny De Carli

38 ANOS SEM HAWAYO TAKATA

Nossa eterna gratidão à Mestre Hawayo Takata
No Budismo é hábito comemora-se o aniversário da morte (a volta para a 'Casa').
No dia 12 de dezembro de 1980 morreu a Mestre Hawayo Takata, introdutora o método Reiki no Ocidente. Deixou 22 Mestres vivos que foram autorizados, após essa data, a divulgar do método Reiki no Ocidente.

Hawayo Takata: Reiki no Ocidente

Nascida na Ilha das Flores de Kawai, Havaí, arquipélago anexado em 1898 ao território dos EUA, filha de camponeses imigrantes japoneses, o casal Kawamuru, Hawayo recebeu seu nome em homenagem à grande ilha, adicionando à última letra o 'o' que, em sua língua, designa nomes femininos. Hawayo Kawamuru era filha de trabalhadores agrícolas. Ela não fora favorecida com uma estrutura física tão forte quanto a de seus pais. Tinha menos de 1,50 m de altura e mãos frágeis, mas era bonita, tinha olhos vivos e alegres. Hawayo pedia a Deus que lhe permitisse fazer com as suas mãos algum outro tipo de trabalho que não fosse ligado à atividade agrária. Hawayo trabalhava como bóia-fria na cultura de bambu e de cana-de-açúcar e, por volta de 1914, passou a lecionar nas férias escolares para alunos do 1º grau numa escola religiosa. Trabalhou, também, em um balcão de bebidas gasosas em Lihue e depois em uma mansão colonial de uma elegante senhora, onde permaneceu por 20 anos, chegando a ser governanta e comandando os vinte funcionários da residência. Em 10 de março de 1917, Hawayo Kawamuru casou-se com Saichi Takata, um jovem contador que trabalhava na mesma residência e juntos tiveram duas filhas. Entretanto, em 1930, com apenas 34 anos de idade, seu marido morreu de câncer no pulmão. O excesso de trabalho, necessário para manutenção de sua família, além da depressão e dos sérios problemas psicológicos, afetaram seriamente sua saúde e, aos 35 anos, a Sra. Hawayo Takata tinha desenvolvido problemas pulmonares e dores abdominais.

Durante a ausência de seus pais que, após 40 anos, tinham retornado a Yamaguchi, Japão, para um período de férias de um ano, uma das irmãs de Takata, recém-casada e com somente 25 anos, morreu de tétano. Sensível, Hawayo percebeu ser a notícia muito triste para ser dada aos pais pelos Correios e resolveu comunicar o fato pessoalmente, ocasião em que aproveitaria para tratar de sua saúde no Hospital Maeda, em Akasaka, onde seu marido havia sido assistido antes de falecer. Em 1935, lá no Japão, após dez dias e noites de viagem de barco, foi descoberto que Hawayo Takata estava com um tumor abdominal, além de pedras na vesícula e problema no apêndice, razão pela qual seu estômago doía todo o tempo, impedindo-a de andar erguida. Takata foi internada para se submeter a uma cirurgia. Já na sala cirúrgica, minutos antes da operação, Hawayo ouviu uma voz várias vezes afirmando: "A operação não é necessária". Sentiu então que haveria um outro modo de recuperar-se. O médico, ao ser informado sobre aquela mensagem, cancelou a operação e indicou para Takata um tratamento de Reiki na Clínica Shina No Machi, do Dr. Hayashi, na qual começou a receber tratamento diário e em quatro meses estava totalmente recuperada. Havia ganhado cinco quilos e parecia estar dez anos mais jovem. Durante o tratamento, Takata não entendia como as mãos daquelas pessoas que a tratavam podiam esquentar tanto e chegou a procurar pilhas escondidas nos reikianos.

Hawayo inclinou-se a aprender o Método Reiki que, no entanto, na sociedade japonesa, era inacessível a pessoas estrangeiras. Teve seu primeiro pedido rejeitado, mas, após usar o forte argumento de ter de ajudar os imigrantes japoneses nipo-americanos, foi-lhe dada permissão para aprender o método, concordando em permanecer no Japão e trabalhar no espaço de Reiki todos os dias ao longo daquele ano. Takata ficou hospedada com a família do Dr. Hayashi e recebeu o Nível 1 do Reiki na primavera de 1936. Ela tratou de muitos casos diferentes com sucesso e aprendeu que para tratar do efeito seria preciso remover a causa. Cumpridas, com êxito, as exigências impostas para o Nível 1, Takata recebeu o treinamento de Nível 2 e ficou devendo 500 dólares. Voltou em seguida ao Havaí, até então, sem a intenção de profissionalizar-se no Método Reiki. Em outubro de 1936, instalou-se com a sua família em uma casa em Hilo, na Avenida Kilauea, onde, durante dez anos, funcionou seu primeiro núcleo de atendimento.
Hawayo recebeu em sua casa a visita do Dr. Hayashi e de sua filha, os quais, durante seis meses, permaneceram no Havaí proferindo palestras e dando demonstrações sobre o Método Reiki. Em fevereiro de 1938, antes de deixar o Havaí de volta ao Japão, Hayashi comunicou a seus alunos que Takata, a partir daquele momento, era Mestre de Reiki e estava autorizada a transmitir a técnica a outras pessoas. Era ela a primeira mulher iniciada Mestre de Reiki no Ocidente, permanecendo única até o ano de 1970.

Podemos dizer que o Dr. Hayashi era um místico. Ele pôde sentir que uma guerra entre o Japão e os Estados Unidos era iminente e, como reservista da Marinha, não poderia conciliar o fato de ser Mestre de Reiki e ter de servir novamente às forças armadas.


Em 1940, Takata sonhou com o Mestre Hayashi vestido com um quimono de seda branca (cor japonesa do luto). Takata ficou inquieta e resolveu ir ao Japão para ver Hayashi. Quando chegou ao Japão, Hayashi falou-lhe sobre a guerra, quem seria o vencedor, o que deveria fazer e para onde deveria ir para evitar os perigos da condição de cidadã nipo-americana com residência no Havaí. Todas as previsões se confirmaram e os conselhos de Hayashi foram seguidos, visando a proteger a divulgação do Método Reiki.


Quando todas as providências necessárias à preservação do Método Reiki foram tomadas, o Dr. Hayashi reuniu a família e os demais Mestres, nomeou Takata como uma das sucessoras do método e comunicou a todos os presentes que o seu desencarne ocorreria em torno das 13 horas daquele mesmo dia. Às 13 horas, o Dr. Hayashi entrou na sala e anunciou a todos a ruptura de uma das artérias de seu coração e, após alguns minutos, a ruptura da segunda. Sua transição ocorreu tal qual anunciara: sentado à maneira tradicional japonesa, fechou os olhos e deixou seu corpo conscientemente entre os amigos. Vestia o mesmo quimono que Takata vira no sonho que a levara ao Japão.

m 1941, incluindo a senhora Chie Hayashi, havia somente cinco Mestres vivos do Método Reiki, iniciados por Hayashi.


Takata tornou-se uma grande reikiana e introduziu o Método Reiki no mundo ocidental, constatando, de acordo com o que já havia lhe sido passado pelo Dr. Hayashi, que todas as pessoas que eram iniciadas, gratuitamente, no Método Reiki, não percebiam a sua grandeza, razão pela qual, não lhe davam o devido valor. Passou a estipular preços, aceitando a orientação do Dr. Hayashi, para a iniciação nos diferentes níveis do Reiki.
A fim de ter uma melhor compreensão dos aspectos físicos e técnicos da anatomia humana, Hawayo Takata cursou a Universidade Nacional de Medicina sem Medicamentos (National College of Drugless Physicians), em Chicago.
Takata, durante 30 anos, ministrou seminários e tratou pessoas, garantindo, assim, a divulgação do Método Reiki no mundo.


A Mestre Hawayo Takata sentiu necessidade de passar a totalidade dos ensinamentos e, então, para impedir uma monopolização do método, iniciou 22 Mestres recomendando-lhes respeitar a liderança de sua neta Phyllis Lei Furumoto, sucessora de Takata, e deu-lhes permissão para formarem novos Mestres após sua morte.

 

Os Mestres iniciados foram (em ordem alfabética):

• Bárbara Brown;
• Bárbara McCullough;
• Barbara Weber Ray;
• Beth Gray;
• Bethel Phaigh;
• Dorothy Baba;
• Ethel Lombardi;
• Fran Brown;
• George Araki;
• Harru Kuboi;
• Iris Ishikuro;
• John Gray;
• Kay Yamashita (irmã de Hawayo Takata);
• Mary McFadyen;
• Patrícia Bowling;
• Paul Mitchell;
• Phyllis Lei Furumoto (neta de Takata);
• Rick Bockner;
• Shinobu Saito;
• Ursula Baylow;
• Virgínia Samdahl;
• Wanja Twan.

Em 12 de dezembro de 1980, Takata faleceu e suas cinzas foram colocadas no templo budista de Hilo. Recentemente suas cinzas foram transferidas por sua neta Phyllis Lei Furumoto para um local reservado somente à visitação familiar.
Reuniram-se os 22 Mestres e resolveram reestruturar e dar continuidade a American International Reiki Association — AIRA, com sede na Flórida. Alguns Mestres, após divergência, criaram uma segunda associação, denominada The Reiki Alliance.  

© 2016 por Espaço Sal da Terra. São Paulo - Brasil | Criado por Alyne Sarjam

  • b-facebook
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle