A versão ao lado é o Dai Koo Myo original do legado de Mikao Usui

Dai Koo Myo

Esse é o 4º Símbolo do REIKI; o Símbolo dos Mestres, da Realização.

Seu significado pode ser traduzido como: “Nos levando de volta a Deus” ou “Deus brilhe sobre mim e seja meu amigo".

Esse é o símbolo da Cura da Alma; cada símbolo do REIKI concentra sua atuação num dos corpos: O Choku Rei tem sua mais forte ressonância no nível do Corpo Físico; O Sei He Ki, no corpo emocional; O Hon Sha Ze Sho Nen, com o corpo mental; O Day Koo Myo trabalha ao nível do corpo espiritual.

Em tratamentos é extremamente eficaz, combatendo as raízes das doenças. Trabalhando direto no corpo espiritual sua atuação se da ao nível do projeto original do qual se derivou o corpo físico. Esse é o símbolo das curas ditas miraculosas. Aqui ocorrem as transformações da vida.

Nas curas a distância use inicialmente o Dai Koo Myo, depois os símbolos 3, 2 e finalmente o 1 - Choku Rei.

Pode-se dizer que essa, possivelmente, é a energia mais forte do planeta. É um dos símbolos de iniciação de novos Reikianos. Ele amplia e potencializa as energias dos símbolos do nível 2. Permite o contato com energias de alta freqüência, acelerando as partículas energéticas de nosso corpo, bem como do campo vibracional que nos circunda, limpando os canais que servem de condução dessa energia. Faz o volume de energia se tornar ilimitado”.

É um potencializador em qualquer espécie de trabalho de CURA ou transformação, permitindo a realização, podendo ser ativado em qualquer lugar ou situação, até dirigindo veículos.

Ativado, o REIKI começa a fluir em nossas mãos, independente do que estejamos fazendo. Como nos outros símbolos sua ativação depende de seu Mantra ser ativado 3 vezes. Deve ser sempre usado antes dos símbolos 3, 2 e 1, para potencializá-los.

No Auto-Tratamento usamos o símbolo 4, depois o 1.

Em trabalhos de problemas emocionais, a seqüência de ativação dos símbolos é o 4, o 2 e o 1.

Em processos mentais, e curas ou transformações fora do tempo e do espaço, usamos o 4, depois o 3, o 2 e o 1.

Da mesma forma, curamos multidões ou outras pessoas. Nesse último caso (outras pessoas) esse símbolo, assim como os demais, deve ser visualizado sobre a cabeça do cliente no sentido da testa para a nuca.

Quanto às técnicas aprendidas, inclui-se o Dai Koo Myo ficando a seqüência 4, 3, 2 e 1.

Assim, com essa combinação podemos irradiar a energia para um no ilimitado de pessoas simultaneamente.

Nas técnicas aprendidas de transformação do caderno e da caixa, essas receberão a inclusão do Dai Koo Myo, passando a seqüência de ativação a ser 4, 3, 2 e 1.

Também pode ser usado na purificação e energização de cristais, programando-os para que se auto-purifiquem. Nesse caso, segure o Cristal ou a Pedra em questão entre suas mãos em concha, enviando energia REIKI. Inicialmente visualize o Dai Koo Myo e, então, o símbolo 2 (Nível 2) para purificar de todas as dores e energias negativas absorvidas. Após isso, programe-o com o símbolo 1 (Nível 2), afirmando um objetivo, como o seu desejo. Se estiver programando para problemas mentais conscientes ou que necessitem que se saia do espaço e do tempo (outra época ou outro lugar), adicione o símbolo 3 (Nível 2) antes do símbolo 2 (Nível 2). Finalizando, visualize o Dai Koo Myo, selando seu pedido (por exemplo, que a partir desse momento o Cristal ou a Pedra se auto purifiquem. Haverá a auto purificação, mas de tempos em tempos, é recomendável que você a purifique. Pode e deve ser usado, ainda, para potencializar remédios; nesses casos adicione-o símbolo 1 (Nível 2).

 

Variações do Dai Koo Myo

© 2016 por Espaço Sal da Terra. São Paulo - Brasil | Criado por Alyne Sarjam

  • b-facebook
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle